Moda

Acadêmicos do Design de Moda apresentam tendências para o Verão 2018

A aposta para a nova estação é realizar um revival dos anos 80

07 de Janeiro de 2018 - 11h27 Corrigir A + A -
Projeto apresentou indicações para kids, beachwear, surfwear,  streetwear, jeanswear, fitness e prêt-a-porter (Foto: Divulgação - DP)

Projeto apresentou indicações para kids, beachwear, surfwear, streetwear, jeanswear, fitness e prêt-a-porter (Foto: Divulgação - DP)

A estação mais quente do ano chegou e, junto com ela, algumas dúvidas. O que deverá ser destaque na Moda para o Verão 2018? A resposta para a pergunta é complexa, exige muita pesquisa e um olhar afinado que vai além do óbvio. O Bureau de Tendências, caderno desenvolvido por acadêmicos do curso de Design de Moda da Universidade Católica de Pelotas (UCPel), reúne as apostas para a nova estação, que deverá viver um revival dos anos 80.

O material foi produzido por acadêmicos do quinto semestre do curso, com orientação da professora Ana Luiza Timm. Rico em informações, o Bureau aponta tendências de cartelas de cores, apresenta apostas para modelagens, estampas e texturas através de desenhos técnicos detalhados.

Para o verão 2018, os anos 80 estarão em alta. Os looks serão compostos por muitas cores, mix de texturas e memórias efetivas de quem passou a infância ou a adolescência neste período.

O material destaca também o domínio de peças feitas em jeans, com diferentes texturas, lavagens e shapes com ênfase em macacões, jardineiras e “salopetes”. A transparência também permanecerá em alta, seja para looks mais casuais ou em peças mais elaboradas para a noite.

Dividido em sete segmentos – kids, beachwear, surfwear, streetwear, jeanswear, fitness e prêt-à-porter -, o Bureau foi criado a partir a plataforma UseFashion e outros sites de apoio. O material reúne as tendências de forma antecipada, o que possibilita o desenvolvimento de um trabalho de qualidade de acordo com as previsões de trends apontadas nestes portais. “O material foi construído durante o primeiro semestre letivo de 2017. A turma foi dividida em grupos e cada um ficou responsável por um ou dois segmentos”, explica a docente.

Responsáveis pela identidade visual do Bureau, as acadêmicas Luíza Osório, Ketlin Borges e Karlla Tessman buscaram criar o material equilibrado, marcante e versátil para facilitar a identificação dos segmentos. “Imaginei uma estética simples e ao mesmo tempo despojada. Busquei inspiração nos traços dos croquis e na forma como eles foram coloridos à mão”, comenta Luíza, encarregada por agrupar os segmentos e deixá-los harmônicos.

Remetendo a publicação com cores indicadas como tendência, Luiza também explica que foram utilizadas tonalidades vivas e tons de pastel nos detalhes dos croquis. A acadêmica Karlla Tessman, encarregada de esboçar os croquis, conta que todas as técnicas para a produção do Bureau foram desenvolvidas em aula com a ajuda dos professores.

O Bureau de Tendências pode ser conferido através do link http://moda.ucpel.edu.br/ .


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados