Futebol

Elogios ao treinador

Atletas rubro-negros falam sobre forma de trabalho do comandante Clemer na pré-temporada; equipe tem teste contra o Sindicato de Atletas na próxima semana

03 de Janeiro de 2018 - 22h19 Corrigir A + A -
Jogador tem características parecidas com Leite (Foto: Jonathan Silva - AI GEB)

Jogador tem características parecidas com Leite (Foto: Jonathan Silva - AI GEB)

Faltando menos de duas semanas para a estreia do Campeonato Gaúcho diante do Juventude, o Brasil segue trabalhando firme em sua pré-temporada. E o primeiro teste oficial já tem data marcada: será na próxima terça-feira, dia 9, diante do Sindicato de Atletas Profissionais do Rio Grande do Sul. O confronto ocorre no estádio Bento Freitas, a partir das 18h.

No duelo, o técnico Clemer poderá acompanhar seus novos contratados. Entre eles está o volante Vacaria. O jovem atleta, cria da base do Juventude, falou nesta quarta-feira (3) em entrevista coletiva sobre suas qualidades e seus objetivos no clube da Baixada. “Sou um cara muito trabalhador, humilde e tranquilo. Um jogador de contenção, normalmente o camisa cinco. Mas tenho um bom passe na saída de bola. E não venho para brigar por posição, e sim para ajudar o técnico Clemer. Sei da história do Leandro Leite, que me recebeu muito bem. Espero contribuir da melhor forma possível”, analisou.

Vacaria, que afirmou estar se adaptando rapidamente, elogiou seu novo comandante, mesmo com o pouco tempo de trabalho. “Temos uma comissão técnica muito boa. O Clemer é um cara experiente e que busca o bom toque de bola.

Devido ao menor tempo de pré-temporada, estamos correndo contra o tempo, mas vamos evoluir gradativamente durante a competição”, completou.

Evolução após mudança
Quem também falou da importância de Clemer foi o experiente Éder Sciola. O jogador, que passou por maus momentos no início da temporada passada, comentou sobre sua evolução após a chegada do treinador. “Estava passando por uma má fase, as jogadas não aconteciam. Ficava chateado por não estar ajudando meus companheiros. Depois, o Clemer chegou, me passou confiança e as coisas foram melhorando. No fim, terminamos bem a Série B”, frisou.

O lateral também comentou sobre sua expectativa em relação à participação do Xavante no Estadual. Para ele, o clube precisa lutar pelas primeiras colocações. “A nossa intenção é essa, tentar chegar, estar na frente dos clubes do interior e brigar nas finais. Mas essa disputa será jogo a jogo. Dentro de campo temos que nos impor. Depois da dupla Gre-Nal, Brasil e Juventude precisam prevalecer contra os outros”, finalizou.

Luiz Eduardo
O novo reforço xavante se reapresentou nesta quarta  na Caldense para acertar sua rescisão. Em seu contrato, existia uma cláusula que o liberava diante de uma proposta de um clube de divisão maior. Ele deve chegar a Pelotas nesta sexta-feira ou sábado e já treinar com seus novos companheiros.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados