Pré-temporada

Pelotas ainda busca quatro profissionais

A direção do Clube ainda avalia com critérios os jogadores que irão completar o time

20 de Dezembro de 2017 - 13h51 Corrigir A + A -

Por: Sérgio Cabral
cabral@diariopopular.com.br 

Neca Nunes. Vice-presidente de futebol destaca o planejamento  (Foto: Divulgação - DP)

Neca Nunes. Vice-presidente de futebol destaca o planejamento (Foto: Divulgação - DP)

A montagem do elenco do Esporte Clube Pelotas está bem encaminhada para a largada da pré-temporada, que ocorrerá no dia 17 de janeiro. De acordo com o vice-presidente de futebol, Neca Nunes, o Lobo irá contratar mais quatro profissionais até o começo da preparação.

Ainda faltam mais quatro atletas para a formação do grupo que será entregue ao treinador Thiago Gomes, sendo um zagueiro, um volante, um meia armador e mais um atacante. Estes jogadores estão sendo procurados com muito critério, para que o time e o plantel possam contar com profissionais mais maduros e qualificados, desde o começo da competição. “Ainda teremos mais três profissionais que virão após o Gauchão. Então temos que ter muito critério para evitar erros nas negociações. Precisamos arrancar bem e com um grupo maduro”, confirmou Neca.

Investimento mudou
Ainda sobre o investimento do grupo que está sendo montado para a disputa da Série A2, que começa em março, o presidente Gilmar Schneider confirmou na segunda-feira que ficará em torno de R$ 100 mil - com R$ 80 mil para os jogadores e R$ 20 mil para a comissão técnica. “Mudamos muito o investimento em comparação ao segundo semestre deste ano na Copinha. Praticamente dobramos o valor e por isso estamos com cautela nas contratações. Vamos precisar de todos os áureo-cerúleos, desde o começo da competição. Que venham todos se associar e nos ajudar”, disse Gilmar.

Daniel Carvalho
Nesta quarta-feira deverá ocorrer a segunda reunião entre os dirigentes do Pelotas e o pai e procurador do meia armador Daniel Carvalho. De acordo com Neca Nunes, a negociação está muito bem encaminhada.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados