Amistoso

Brasil vence o Japão por 3 a 1

Os três gols do time de Tite foram marcados no primeiro tempo; aos 18 do segundo, os japoneses descontaram

10 de Novembro de 2017 - 07h38 Corrigir A + A -

Por: Redação
web@diariopopular.com.br

Os japoneses são uma das vítimas preferidas de Neymar, de acordo com as estatísticas (Foto: Divulgação/CBF)

Os japoneses são uma das vítimas preferidas de Neymar, de acordo com as estatísticas (Foto: Divulgação/CBF)

- Os três gols do time de Tite foram marcados no primeiro tempo; aos 18 do segundo, os japoneses descontaram

- Neymar fez o primeiro de pênalti, Marcelo, de fora da área, o segundo, e Gabriel Jesus ampliou

A Seleção Brasileira entra em campo nesta sexta-feira (10), no retorno do Chevrolet Brasil Global Tour, para encarar o Japão, adversário que jamais o derrotou em toda a história do confronto. E se tem um jogador que gosta de balançar as redes dos japoneses é Neymar.

O camisa 10 da Seleção Brasileira é o maior artilheiro do confronto entre Brasil e Japão. Logo em seu primeiro jogo contra os orienais, em 2012, Neymar anotou dois gols, abrindo a sua conta que já chegou a 7 tentos marcados sobre os orientais em apenas três jogos.

Além dos dois gols no primeiro encontro com os japoneses, Neymar anotou um gol na vitória brasileira por 3 a 0, pela Copa das Confederações de 2013, disputada no Brasil. No ano seguinte, depois da Copa do Mundo, o Brasil voltou a encontrar o Japão em outro duelo Brasil Global Tour e o craque brilhou. Inspirado, Neymar balançou as redes quatro vezes na mesma partida.

Cobrança
Tite deixou claro, na coletiva desta quinta-feira, que o fim das eliminatórias não dará fim à cobrança sobre a equipe. O comandante do Brasil apontou que deseja ver atuações de qualidade em uma nova etapa de preparação para o Mundial. "É preparação, não gosto de adjetivar teste. É uma nova etapa de preparação. O Bielsa fala uma frase que eu comungo: 'Valorizo mais o merecido de que o conseguido'. O desempenho nesta fase da preparação é fundamental. O desempenho de excelência é minha exigência nesta nova etapa", afirmou.

Ficha técnica

Brasil - Alisson; Danilo, Thiago Silva, Jemerson e Marcelo; Casemiro, Fernandinho, Giuliano e William; Neymar e Gabriel Jesus. Técnico: Tite

Japão - Eiji Kawashima; Hiroki Sakai, Yuto Nagamoto, Maya Yoshida e Gen Shoji; Hotaru Yamaguchi, Wataru Endo, Kazuki Nagasawa e Takashi Inui; Yaya Kubu e Kenyu Sygimoto. Técnico: Vahid Halihodzic

Arbitragem - Benoit Bastien, auxiliado por Hicham Zakrani e Frédéric Haquette (todos da França)

Horário: 10h

Local: estádio Pierre Mauroy, em Lille (FRA)


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados