Vencer ou vencer

Decisão parte I

Frente ao Paraná, às 20h30min, Brasil faz primeiro dos três jogos no Bento Freitas que podem manter a equipe na Série B do Brasileiro

07 de Novembro de 2017 - 12h02 Corrigir A + A -

Por: Vinícius Guerreiro
vinicius.guerreiro@diariopopular.com.br

Caldeirão. Xavante precisará da força do torcedor para superar o Paraná. (Foto: Jerônimo Gonzalez - DP)

Caldeirão. Xavante precisará da força do torcedor para superar o Paraná. (Foto: Jerônimo Gonzalez - DP)

Não há outra maneira. A Baixada terá que manter o Brasil na Série B do Brasileiro. É hora da Maior e Mais Fiel - como se autointitula a torcida rubro-negra - entrar em campo e carregar a equipe para as vitórias. O Xavante tem três partidas em casa em cinco jogos que faltam para o final da competição. Precisa vencer os confrontos em casa para não ser rebaixado. A primeira decisão é nesta terça-feira (7) às 20h30min contra o Paraná, que é o quarto colocado.

A direção acredita muito na força do torcedor. Com o preço promocional de R$10,00, a informação é de que os ingressos esgotaram. Sócios, que já haviam quitado novembro, fizeram check-in de graça e ainda levaram um ingresso. É hora do Caldeirão voltar a ferver como ainda não fez nesta temporada.
“A gente espera que essa vitória venha agora para dar um alívio. Diante do nosso torcedor que vai estar presente e vai empurrar a equipe a todo o momento, tratando esse jogo como uma decisão para nós”, afirmou o técnico rubro-negro.

O Xavante só segue vivo na Série B pela força que já demonstrou em casa. Nove das onze vitórias na competição foram na Baixada. O rubro-negro ainda somou outros quatro pontos em empates e tem quatro derrotas no Bento Freitas. O Brasil já passou por esse clima de decisão na temporada. No Gauchão, para evitar o rebaixamento, precisou recorrer ao torcedor. Venceu o clássico contra o São Paulo e conquistou três empates: Grêmio, Novo Hamburgo e Caxias, equipes que brigaram até o fim do Estadual.

Time
Clemer tem três desfalques para a partida desta terça-feira. Calyson, Juninho e Nirley, lesionados. Rafinha será mantido como armador da equipe, Lincom jogará na referência do ataque e Misael atuará na ponta. João Afonso deixará o time titular. Na defesa, Teco substituirá Evaldo.

Ficha técnica:

Brasil: Marcelo Pitol, Éder Sciola, Leandro Camilo, Evaldo, Marlon, Leandro Leite, Itaqui, Rafinha, Marcinho, Misael e Lincom. Técnico: Clemer

Paraná: Richard, Cristovam, Maidana, Brock, Igor, Gabriel Dias, Vinícius Kiss, Renatinho, João Pedro, Robson e Alemão. Técnico: Matheus Costa

Arbitragem: Eduardo Valadão, Fabrício Silva e Edson Souza

Horário: às 20h30min

Local: Bento Freitas

Ingressos: ESGOTADOS - somente sócios podem fazer o check-in


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados