Balanço

Operação Corpus Christi não tem aumento de mortes nas rodovias da Região

Da última quarta-feira até a meia-noite de domingo, 11 acidentes e um óbito foram registrados

19 de Junho de 2017 - 16h47 0 comentário(s) Corrigir A + A -

Por: Giulliane Viêgas
giulliane.viegas@diariopopular.com.br

Acidente na BR-392 foi um dos atendidos pela PRF no feriado (Foto: Divulgação - DP)

Acidente na BR-392 foi um dos atendidos pela PRF no feriado (Foto: Divulgação - DP)

*Com informações do governo do Estado

A Operação Viagem Segura de Corpus Christi realizada nas rodovias da Região Sul encerrou com uma pessoa morta na BR-116, 11 acidentes e apreensão de 15 mil maços de cigarros, na BR-471. Durante o período de fiscalização, deflagrado na última quarta-feira (14) até a noite de domingo, os policiais da PRF aplicaram 370 testes do bafômetro, 284 multas e nove pessoas foram detidas. Em uma das abordagens, um motorista tentou subornar os policiais que realizavam a fiscalização.

O número de mortes e acidentes é o mesmo se comparado ao mesmo período de 2016. Na tarde da última sexta-feira, acidente envolvendo uma carreta e uma motocicleta no quilômetro 529 da BR-116, no Capão do Leão, acabou na mrte de Cristian Oliveira. O jovem teria tentado realizar uma ultrapassagem em local proibido, mas não conseguiu completar a manobra. Segundo a PRF, ele acabou sendo atropelado pelo reboque de uma carreta depois de perder o controle da moto, uma Honda Titan, colidir no canteiro central e cair na estrada. O motociclista de 23 anos, morador do Capão do Leão, não possuía Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e o veículo, com placas de Pelotas, estava com o licenciamento vencido.

Apesar de ter ocorrido a morte do rapaz, o titular da 7ª Delegacia de Polícia Rodoviária Federal (DPRF), José Apodi Dourado considera os números positivos já que não houve aumento no número de acidentes nem mortes nas estradas da Zona Sul durante o período considerado um dos com maior incidência de acidentes. "Tivemos bons resultados na ações de fiscalização, detenções e apreensões. Além, é claro, de não ter tido aumento nos acidentes e óbitos", comentou o delegado.

Estado
A 75ª edição da Operação Viagem Segura de Corpus Christi, deflagrada em todo Estado, terminou com quase 45 mil veículos fiscalizados e 12 mil autuações. Foram recolhidos 1,2 mil veículos e 218 carteiras de habilitação irregulares. O feriado contabilizou menos mortes no trânsito em comparação com o ano passado. Foram dez vítimas fatais em cinco dias (médias de duas mortes por dia). Esse número representa menos da metade das mortes ocorridas no local do acidente de 2016, quando 22 pessoas perderam a vida em cinco dias (redução de 54,5%), que chegaram a 35 com o acompanhamento dos feridos nos 30 dias pós-acidente.

Em 2015 foram 38 vítimas no mesmo período. A operação deste ano também contabilizou 162 feridos nas vias municipais e rodovias gaúchas neste feriado. No total, foram 188 acidentes. Os órgãos de fiscalização aplicaram 3.541 testes de etilômetro e autuaram 105 condutores por embriaguez, dos quais 43, além de responderem por infração administrativa, foram enquadrados em crime de trânsito e encaminhados à delegacia. Outros 86 foram autuados por recusa ao teste do etilômetro.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados