Horário alternativo para os religiosos

Missa ocorrerá todos os dias da semana no Instituto Nossa Senhora da Conceição, às 12h10min; objetivo é possibilitar que trabalhadores da área central possam participar

19 de Junho de 2017 - 13h00 0 comentário(s) Corrigir A + A -

Por: Igor Islabão
igor.dias@diariopopular.com.br 

Missa desta segunda-feira reuniu fiés pela primeira vez no novo horário (Foto: Gabriel Huth - DP)

Missa desta segunda-feira reuniu fiés pela primeira vez no novo horário (Foto: Gabriel Huth - DP)

Padre Luiz Boari conduziu a primeira missa (Foto: Gabriel Huth - DP)

Padre Luiz Boari conduziu a primeira missa (Foto: Gabriel Huth - DP)

A comunidade católica de Pelotas vai ter um novo horário para ficar mais próxima de Deus. A partir desta segunda-feira (19), às 12h10min, de segunda a sexta-feira, serão realizadas missas na capela do Instituto Nossa Senhora da Conceição, na rua Gonçalves Chaves, 602 - junto a Faculdade Senac.

Segundo o padre Luiz Boari, a ideia é possibilitar um novo horário para que os trabalhadores do centro da cidade possam frequentar a casa de Deus. "Havia um clamor por esse horário. E por conta de uma unidade de serviço da área pastoral da cidade vai ser possível dar conta da demanda", disse.

Várias paróquias e instituições da igreja estão juntas na organização. Uma escala de padres será feita. O ex-arcebispo de Pelotas, Dom Jayme Chemello, o padre José Ramos e ainda outros religiosos das paróquias do Porto, do Fátima e do Instituto Dalmanutá serão os primeiros a levar as palavras da bíblia aos fiéis.

O local das missas, o Instituto Nossa Senhora da Conceição, comunidade do padre Mario Prebianca - que morreu no mês de abril -, continuará com os encontros durante a semana e também aos domingos às 18h. A missa de sábado, no entanto, não vai mais ocorrer.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados