Título

Recadastramento biométrico chega ao fim em Pelotas

Eleitores faltosos devem fazer o agendamento da regularização dos títulos no site do TRE

16 de Março de 2016 - 19h20 Corrigir A + A -

Por: Karina Kruschardt
karina@diariopopular.com.br

Fotos: Jô Folha

O dia 16 de março marcou o fim do ciclo de recadastramento biométrico. Esta quarta-feira  foi o último dia para agendar o processo de revisão e evitar o cancelamento do título de eleitor. A boa notícia é que Pelotas já cadastrou 180 mil pessoas e outras 20 mil estão com agendamento marcado, o que irá permitir ao município, se for necessário, ir ao segundo turno nas eleições de outubro.

JF_9161

No Cartório Eleitoral localizado na avenida Ferreira Viana, 1.159, o movimento foi intenso nesta quarta, cena que já virou rotina por quem passa pelo local nos últimos tempos. A população buscava informações sobre os agendamentos e como ficará a situação de quem não compareceu ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE). São 57 mil eleitores que devem regularizar o documento. Este processo ocorrerá de 4 de abril a 4 de maio. No site do TRE já estão disponíveis as datas para agendamento.

O Cartório Eleitoral de Pelotas possui capacidade para atender cerca de 2,5 mil pessoas diariamente. Desde que o processo de recadastramento começou, em agosto do ano passado, cerca de 56% da população realizou a revisão biométrica - dados levantados até a última terça-feira. Este número irá aumentar até o dia 31 de março, pois 20 mil eleitores realizaram o agendamento no site do TRE ou estiveram no cartório em buscas de senhas - somando uma média de 200 mil eleitores recadastrados.

JF_9162

Quem não agendou
Quem não agendou o recadastramento até o dia 31 de março terá o título de eleitor cancelado no primeiro fim de semana de abril. A partir do dia 4, os 57 mil eleitores que se encontrarem nesta situação terão um mês para fazer o novo título. O processo assemelha-se ao que já foi desenvolvido até agora. O eleitor deverá entrar no site do TRE - www.tre-rs.jus.br - e agendar uma data e um horário para comparecer no cartório.

O que acontece se não fizer a regularização?
O não comparecimento ao TRE até o dia 4 de maio implicará na perda de benefícios e o ajuste só poderá ser feito em dezembro. Até lá o cidadão não poderá:

- Fazer passaporte
- Efetuar matrícula em universidades públicas
- Empréstimos não serão concedidos
- Perderá o poder de financiamento

O que é preciso levar para o cadastramento
- Documento de identidade
- Comprovante de endereço atual # emitido nos últimos três meses
- Título de eleitor


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados