Crime

Corpo de adolescente é encontrado em Canguçu

Documentos de identidade não foram vistos mas roupas condizem com as que a vitima de 16 anos vestia quando desapareceu

06 de Março de 2016 - 22h38 Corrigir A + A -

Por: Giulliane Viêgas
giulliane.viegas@diariopopular.com.br

Menina não voltou para casa após ir a uma festa (Foto: Divulgação - DP)

Menina não voltou para casa após ir a uma festa (Foto: Divulgação - DP)

A localização do corpo foi dada pelo suspeito que já está preso forma preventiva (Foto: Divulgação - DP)

A localização do corpo foi dada pelo suspeito que já está preso forma preventiva (Foto: Divulgação - DP)

Consolidada

A Polícia Civil de Canguçu localizou o corpo da adolescente Jaine Centeno, 16, que estava desaparecida desde o início da manhã do último sábado (5) quando havia saído de uma festa ocorrida em um clube no centro do município. De acordo com o delegado Édson Ramalho, a suspeita é de que a jovem tenha sido estuprada e em seguida assassinada, no entanto, o laudo deve ser dado pelo Instituto Geral de Perícias (IGP). Jaine foi encontrada bruços, na tarde desta segunda (7), em um matagal às margens da BR-392, a 300 metros de um dos acessos a Canguçu. 

Segundo Ramalho, a localização do corpo foi dada pelo suspeito que já está preso forma preventiva. Ele deve ser encaminhado ao Presídio Regional de Pelotas (PRP).O suspeito tem antecedentes criminais. Sua última passagem foi há 15 dias, quando foi preso por furto. 

De acordo com o delegado, as imagens das câmeras de segurança do centro mostram C.J.S.M. abraçando a adolescente e em seguida a puxando pelo braço. "A partir dessas gravações conseguimos localizar o homem. Ele diz que apenas teria dado um beijo nela e em seguida um outro homem teria aparecido mas isso não aconteceu", disse.

Na Delegacia, o suspeito disse que se reconhece nas imagens mas ficou em silêncio quando questionado sobre o crime. 

Muito emocionada, a mãe da adolescente, Ivaine Centeno, não conseguiu fazer o reconhecimento do corpo da única filha - o que foi feito por uma familiar, que confirmou se tratar de Jaine Centeno. Segundo parentes, a dona de casa está em estado de choque. "Elas eram muito apegadas. Precisamos ter força para aguentar esse momento. Vai ser muito difícil", comentou um familar. 

As aulas na Escola Estadual de Ensino Médio João de Deus Nunes, onde a vítima estudava, foram canceladas no turno da noite desta segunda e durante o dia inteiro desta terça-feira.

Relembre
Jaine Centeno, 16, estava acompanhada de duas amigas quando, por volta das 7h, teria decidido ir para casa. Segundo a mãe da jovem, Ivaine Centeno, 44, ao sair da festa, a filha teria dito às amigas que não precisaria de companhia para retornar, já que sua residência ficava perto do clube. 

De acordo com a dona de casa, Jaine não tinha costume de sumir tampouco sair sem o celular. O registro de ocorrência sobre o desaparecimento da jovem foi feito no início da tarde do último domingo.



Notícias relacionadas


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados